Menu

Rio, São Paulo, Salvador e Fortaleza podem movimentar R$ 5,6 bilhões no réveillon

Estimativa do Ministério do Turismo levou em conta dados sobre as taxas de ocupação dos hotéis

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Agência Brasil

As comemorações de passagem de ano nas cidades de Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Fortaleza devem movimentar cerca de R$ 5,6 bilhões. Os dados são do Ministério do Turismo, que levou em consideração dados sobre as taxas de ocupação dos hotéis para a festa do final de ano, elaborado pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).

As estimativas apontam taxas de ocupação em torno de 90% nessas localidades, com expectativa de até 100%, em alguns locais do Rio de Janeiro. São esperados mais de 2,8 milhões de pessoas na praia de Copacabana, conhecida por ter a maior queima de fogos do país. 

Em Fortaleza, são esperados mais de 650 mil turistas para o réveillon. De acordo com a Secretaria de Turismo da cidade, a taxa de ocupação hoteleira é de 96% e a previsão de movimentação econômica chega a R$ 1,6 bilhão.

Em Salvador, a expectativa é que aproximadamente 500 mil turistas acompanhem a chegada de 2020 na cidade. É aguardada uma movimentação de mais de R$ 407 milhões na economia na capital baiana. 

Na Avenida Paulista, em São Paulo, mais de um milhão de pessoas são aguardadas e o impacto financeiro esperado é de R$ 600 milhões.  
 

Paulo Henrique

Formado em Jornalismo e com Pós-Graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, possui experiência em redações e assessorias, atuou como estagiário na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no Portal R7 e na ASCOM da Câmara dos Deputados. Depois de formado, foi Assessor de Comunicação do Instituto de Migrações e Direitos Humanos e atualmente é repórter na Agência do Rádio.


Cadastre-se

As comemorações de passagem de ano nas cidades de Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Fortaleza devem movimentar cerca de R$ 5,6 bilhões. Os dados são do Ministério do Turismo, que levou em consideração dados sobre as taxas de ocupação dos hotéis para a festa do final de ano, elaborado pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).

As estimativas apontam taxas de ocupação em torno de 90% nessas localidades, com expectativa de até 100%, em alguns locais do Rio de Janeiro. São esperados mais de 2,8 milhões de pessoas na praia de Copacabana, conhecida por ter a maior queima de fogos do país. 

Em Fortaleza, são esperados mais de 650 mil turistas para o réveillon. De acordo com a Secretaria de Turismo da cidade, a taxa de ocupação hoteleira é de 96% e a previsão de movimentação econômica chega a R$ 1,6 bilhão.

Em Salvador, a expectativa é que aproximadamente 500 mil turistas acompanhem a chegada de 2020 na cidade. É aguardada uma movimentação de mais de R$ 407 milhões na economia na capital baiana. 

Na Avenida Paulista, em São Paulo, mais de um milhão de pessoas são aguardadas e o impacto financeiro esperado é de R$ 600 milhões.  

Reportagem, Paulo Henrique Gomes