Menu

RJ: Jovem do Norte Fluminense pode representar o Brasil na maior competição de profissões técnicas do mundo

Ralph de Souza Crespo, de 21 anos, está em preparação em Brasília e tenta vaga na modalidade de soldagem

Banners

É de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, que sai um dos nomes que disputam uma vaga na WorldSkills, a maior competição de profissões técnicas do mundo. Ralph de Souza Crespo, de 21 anos, tentará entrar na disputa pela modalidade de soldagem.

Ralph fez o ensino regular e, por incentivo da irmã e de um primo, se inscreveu para um curso de aprendizagem de soldador de tubulação, no SENAI. Foi destaque na turma e selecionado para participar das etapas que podem o levar até a WorldSkills, que virou hoje o seu maior objetivo.

“Fiz minha inscrição, consegui passar e sempre dei meu máximo para estar conseguindo atingir os melhores resultados e, com isso, consegui me destacar na turma para participar da Olimpíada do Conhecimento. Não sabia como era o processo, nunca tinha ouvido falar, mas depois que comecei o curso, me fizeram convite, vi que era uma grande oportunidade de mudar minha vida.”

Ralph e os outros competidores estão em Brasília desde o dia 14 de janeiro para um intensivo de treinamento antes da viagem para a Rússia. A delegação brasileira ainda aguarda a seleção de seis competidores do Senac, totalizando 63 integrantes na equipe do Brasil. Agora, a um passo do mundial, o clima é de tensão para o jovem.

“Bem apreensivo, ansioso, e vou continuar dando meu máximo para melhorar a cada dia e poder representar da melhor maneira nosso país no mundial e poder trazer mais uma medalha para nós.”

A cada edição da WorldSkills, o Brasil participa com um número maior de competidores e melhora sua classificação no quadro de medalhas. Em 18 participações, o país já acumulou 136 medalhas.

Reportagem, Camila Costa

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se