Menu

SOLONÓPOLE (CE): Coordenadora da Atenção Básica do município explica benefícios do aleitamento materno

O aleitamento materno protege das principais doenças no começo da vida do bebê.

Banners
Ítalo Novais

Há um mês, a vida de Greciele Cavalcante mudou completamente. A enfermeira deu à luz a Maria Alice, e vive a tão sonhada experiência de ser mãe. E, apesar das dificuldades de adaptação, a moradora de Solonópole-CE reconhece os benefícios do leite materno para a vida da filha.  

“A redução da probabilidade de ela vir a ter algum tipo de alergia, problemas respiratórios, como problemas gastrointestinais também.” 

De acordo com dados do Ministério da Saúde, a amamentação reduz a mortalidade infantil de crianças menores de cinco anos em até 13% por causas evitáveis. Um estudo publicado em 2016 pela revista The Lancet mostrou que, 823 mil mortes de crianças e de 20 mil mães poderiam ser evitadas em 75 países de média e baixa renda a cada ano com a ampliação da amamentação. O aleitamento materno protege das principais doenças no começo da vida do bebê, esclarece Catilênia Pinheiro, coordenadora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Solonópole. 

“De uma forma geral, o aleitamento materno até os dois anos ou mais, sendo de forma exclusiva até o sexto mês fortalece o sistema imunológico do bebê, protege de infecções respiratórias e intestinais, e previne a obesidade e diabetes tipo 1 e 2 no futuro." 

Ocorre em todo o país a Semana Mundial da Amamentação (SMAM). Neste ano, a iniciativa tem como objetivo conscientizar pais e familiares sobre o seu papel no apoio à prática do aleitamento materno. Durante a solenidade de abertura da semana, em Brasília, o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, falou da importância do aleitamento materno e do apoio dos pais no processo.

“O pai é um grande elemento de suporte. O pai que dá suporte, que está do lado, que leva e traz o filho, está ‘amamentando’ também e tem o prazer de ver o filho naquela situação, que é determinante na sua vida. Aos empresários, que as empresas invistam na mulher trabalhadora que amamenta, que deem condições.”

Em Solonópole, a programação está sendo realizada nos hospitais públicos e em Bancos de Leite Humano da região com palestras e atividades voltadas para a importância do aleitamento materno. 

A amamentação é a forma de proteção mais econômica e eficaz para redução da mortalidade infantil. Por isso, incentive todas as mulheres que você conhece a amamentarem os seus filhos.  Amamentação. Incentive a família, alimente a vida. Para mais informações, acesse saude.gov.br/amamentacao.

Agência do Rádio



Cadastre-se

LOC.: Há um mês, a vida de Greciele Cavalcante mudou completamente. A enfermeira deu à luz a Maria Alice, e vive a tão sonhada experiência de ser mãe. E, apesar das dificuldades de adaptação, a moradora de Solonópole-CE reconhece os benefícios do leite materno para a vida da filha.

“A redução da probabilidade de ela vir a ter algum tipo de alergia, problemas respiratórios, como problemas gastrointestinais também.” 

LOC.: De acordo com dados do Ministério da Saúde, a amamentação reduz a mortalidade infantil de crianças menores de cinco anos em até 13% por causas evitáveis. Um estudo publicado em 2016 pela revista The Lancet mostrou que, 823 mil mortes de crianças e de 20 mil mães poderiam ser evitadas em 75 países de média e baixa renda a cada ano com a ampliação da amamentação. O aleitamento materno protege das principais doenças no começo da vida do bebê, esclarece Catilênia Pinheiro, coordenadora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Solonópole. 

“De uma forma geral, o aleitamento materno até os dois anos ou mais, sendo de forma exclusiva até o sexto mês fortalece o sistema imunológico do bebê, protege de infecções respiratórias e intestinais, e previne a obesidade e diabetes tipo 1 e 2 no futuro."

LOC.: Ocorre em todo o país a Semana Mundial da Amamentação (SMAM). Neste ano, a iniciativa tem como objetivo conscientizar pais e familiares sobre o seu papel no apoio à prática do aleitamento materno. Durante a solenidade de abertura da semana, em Brasília, o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, falou da importância do aleitamento materno e do apoio dos pais no processo.

“O pai é um grande elemento de suporte. O pai que dá suporte, que está do lado, que leva e traz o filho, está ‘amamentando’ também e tem o prazer de ver o filho naquela situação, que é determinante na sua vida. Aos empresários, que as empresas invistam na mulher trabalhadora que amamenta, que deem condições.”

LOC.: Em Solonópole, a programação está sendo realizada nos hospitais públicos e em Bancos de Leite Humano da região com palestras e atividades voltadas para a importância do aleitamento materno. 

A amamentação é a forma de proteção mais econômica e eficaz para redução da mortalidade infantil. Por isso, incentive todas as mulheres que você conhece a amamentarem os seus filhos.  Amamentação. Incentive a família, alimente a vida. Para mais informações, acesse saude.gov.br/amamentacao.