Menu

Suzane von Richthofen deixa prisão para “saidinha” do Dias das Mães

Ela deverá retornar para a penitenciária no dia 14 de maio

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto:Agência do Rádio Mais

Suzane von Richthofen deixou a Penitenciária feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, localizada em Tremembé (SP), nesta quarta-feira (8), para a 'saidinha' do Dia das Mães.

Ela foi condenada a 39 anos de prisão por matar os pais junto com o então namorado, Daniel Cravinhos, e o cunhado, Christian Cravinhos, em 2002. Essa será a primeira vez que Suzane von Richthofen irá deixar a prisão neste ano. Ela chegou a ser punida com a perda de três saídas temporárias após ter sido flagrada em uma festa em Taubaté no fim do ano passado, mas a Justiça cancelou o 'castigo'.

A saída temporária é um benefício do sistema prisional aos internos que cumprem pena em regime semiaberto. No caso da saída do Dia das Mães, a saída temporária será limitada a sete dias por determinação da Justiça. Ela deve ficar em liberdade até 14 de maio, quando deve retornar à penitenciária de Tremembé.

A saída temporária é um benefício do sistema prisional aos internos que cumprem pena em regime semiaberto. Suzane von Richthofen obteve a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. 

Paulo Henrique

Formado em Jornalismo e com Pós-Graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, possui experiência em redações e assessorias, atuou como estagiário na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no Portal R7 e na ASCOM da Câmara dos Deputados. Depois de formado, foi Assessor de Comunicação do Instituto de Migrações e Direitos Humanos e atualmente é repórter na Agência do Rádio.


Cadastre-se

Suzane von Richthofen deixou a Penitenciária feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, localizada em Tremembé (SP), nesta quarta-feira (8), para a 'saidinha' do Dia das Mães.

Ela foi condenada a 39 anos de prisão por matar os pais junto com o então namorado, Daniel Cravinhos, e o cunhado, Christian Cravinhos, em 2002. Essa será a primeira vez que Suzane von Richthofen irá deixar a prisão neste ano. Ela chegou a ser punida com a perda de três saídas temporárias após ter sido flagrada em uma festa em Taubaté no fim do ano passado, mas a Justiça cancelou o 'castigo'.

A saída temporária é um benefício do sistema prisional aos internos que cumprem pena em regime semiaberto. No caso da saída do Dia das Mães, a saída temporária será limitada a sete dias por determinação da Justiça. Ela deve ficar em liberdade até 14 de maio, quando deve retornar à penitenciária de Tremembé.

A saída temporária é um benefício do sistema prisional aos internos que cumprem pena em regime semiaberto. Suzane von Richthofen obteve a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. 

Reportagem, Paulo Henrique Gomes