Menu

Celulares contribuem para queda de atividade física entre crianças, aponta pesquisa

De acordo com dados levantados pelo estudo, as crianças deixaram de praticar esportes por mais de 90 minutos por semana por causa dos aparelhos eletrônicos

Banners
Foto: simi.org.br

Pesquisadores da Agência de Esportes do Japão constaram que os smartphones são os vilões responsáveis pela queda significante da força física e a capacidade atlética das crianças, no país. 

O estudo acompanhou mais de 2 milhões de estudantes do quinto ano primário e do segundo ano, do ensino médio japonês. 

Os resultados revelam que, em média, o tempo dedicado as atividades físicas caíram entre as crianças em mais de 90 minutos por semana, nos últimos 10 anos. 

Os meninos são os mais prejudicados porque eles trocaram o tempo dedicado para as atividades físicas pelos telefones celulares, televisores e computadores. 

A prática esportiva também caiu entre as meninas pelos mesmos motivos, ou seja, por causa dos aparelhos eletrônicos.

Cristiano Carlos

Cristiano é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília, com larga experiência em emissoras de rádio, desde 2002. Como repórter trabalha na cobertura do Congresso Nacional, em Brasília, na produção de conteúdos sobre o dia a dia dos bastidores, da atuação dos parlamentares, nas comissões e nos plenários do Senado e Câmara dos Deputados. Acompanhou as campanhas eleitorais nacionais em 2014 e 2018. Também atua nas editorias de educação, saúde e esportes.


Cadastre-se

LOC: Pesquisadores da Agência de Esportes do Japão constaram que os smartphones são os vilões responsáveis pela queda significante da força física e a capacidade atlética das crianças, no país. 

O estudo acompanhou mais de 2 milhões de estudantes do quinto ano primário e do segundo ano, do ensino médio japonês. 

Os resultados revelam que, em média, o tempo dedicado as atividades físicas caíram entre as crianças em mais de 90 minutos por semana, nos últimos 10 anos. 

Os meninos são os mais prejudicados porque eles trocaram o tempo dedicado para as atividades físicas pelos telefones celulares, televisores e computadores. 

A prática esportiva também caiu entre as meninas pelos mesmos motivos, ou seja, por causa dos aparelhos eletrônicos.

Reportagem, Cristiano Carlos