Menu

Tufão mata 49 e deixa 204 feridos no Japão

Fortes ventos deixaram capital Tóquio e outras oito províncias sem energia elétrica

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Getty Images

Pelo menos 49 pessoas morreram e outras 14 estão desaparecidas após a passagem do tufão Hagibis pelo Japão. O fenômeno atingiu níveis recordes de chuva, causando mortes e diversos prejuízos nas estruturas das cidades. Ao menos 204 pessoas estão feridas, segundo informações da NHK, maior canal de TV do país. 

Para se ter uma ideia do tamanho do prejuízo, o Ministério dos Transportes, Infraestrutura e Turismo do Japão informou que diques ao longo de 21 rios foram destruídos, causando inundações. 

A passagem do Hagibis causou danos na distribuição de energia elétrica. Além da capital Tóquio, oito províncias ao redor ficaram sem energia nesta segunda (14). A companhia local está tentando consertar as instalações atingidas. A empresa também enviou geradores móveis para alguns hospitais e centros de evacuação. A previsão é de que, até quarta-feira (16), pelo menos 90% das áreas afetadas já voltem a ter luz.

Segundo o governo japonês, os trabalhos de busca e socorro às vítimas não terão interrupções, além de melhorar as condições nos centros de evacuação e nos abrigos. 

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Pelo menos 49 pessoas morreram e outras 14 estão desaparecidas após a passagem do tufão Hagibis pelo Japão. O fenômeno atingiu níveis recordes de chuva, causando mortes e diversos prejuízos nas estruturas das cidades. Ao menos 204 pessoas estão feridas, segundo informações da NHK, maior canal de TV do país. 

Para se ter uma ideia do tamanho do prejuízo, o Ministério dos Transportes, Infraestrutura e Turismo do Japão informou que diques ao longo de 21 rios foram destruídos, causando inundações. 

A passagem do Hagibis causou danos na distribuição de energia elétrica. Além da capital Tóquio, oito províncias ao redor ficaram sem energia nesta segunda (14). A companhia local está tentando consertar as instalações atingidas. A empresa também enviou geradores móveis para alguns hospitais e centros de evacuação. A previsão é de que, até quarta-feira (16), pelo menos 90% das áreas afetadas já voltem a ter luz.

Segundo o governo japonês, os trabalhos de busca e socorro às vítimas não terão interrupções, além de melhorar as condições nos centros de evacuação e nos abrigos. 

Reportagem, Raphael Costa