Menu

Utilização da capacidade instalada da indústria é a maior desde novembro de 2014, aponta CNI

Segundo o levantamento, a produção do setor também aumentou frente a setembro e atingiu 55,2 pontos em outubro

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: CNI

De acordo com a Sondagem Industrial, divulgada nesta sexta-feira (22), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a utilização da capacidade instalada da indústria brasileira aumentou 1 ponto percentual em relação a setembro e alcançou 70% em outubro. Este é o maior nível desde novembro de 2014.

Segundo o levantamento, a produção do setor também aumentou frente a setembro e atingiu 55,2 pontos em outubro. Com isso, as expectativas para os próximos seis meses e as intenções de investimentos também melhoraram. O índice de intenção de investimentos subiu 2,1 pontos em relação a outubro e ficou em 56,2 pontos neste mês.

A intenção de investimento é maior nas grandes empresas, segmento em que o índice alcançou 62,3 pontos neste mês. Esta edição da Sondagem Industrial foi feita de 1º a 12 de novembro com quase duas mil empresas.


 

Cintia Moreira

Em uma de suas experiências profissionais ganhou um prêmio jornalístico e jura que não tem pautas de preferência. Sua única preferência é que tenham pautas.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

LOC.: De acordo com a Sondagem Industrial, divulgada nesta sexta-feira (22), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a utilização da capacidade instalada da indústria brasileira aumentou 1 ponto percentual em relação a setembro e alcançou 70% em outubro. Este é o maior nível desde novembro de 2014.

Segundo o levantamento, a produção do setor também aumentou frente a setembro e atingiu 55,2 pontos em outubro. Com isso, as expectativas para os próximos seis meses e as intenções de investimentos também melhoraram. O índice de intenção de investimentos subiu 2,1 pontos em relação a outubro e ficou em 56,2 pontos neste mês.

A intenção de investimento é maior nas grandes empresas, segmento em que o índice alcançou 62,3 pontos neste mês. Esta edição da Sondagem Industrial foi feita de 1º a 12 de novembro com quase duas mil empresas.

Reportagem, Cintia Moreira