Menu

Vale teria omitido irregularidades em relatório de 2017

Publicação do jornal “O Tempo” aponta para falhas na estrutura da barragem da Vale

Banners

A mineradora Vale teria ocultado informações que apontavam falhas nas estruturas de segurança da barragem que se rompeu, na última sexta-feira (25), na cidade mineira de Brumadinho.

A Informação foi revelada pelo jornal “O Tempo”, de Belo Horizonte. Segundo a publicação, no documento de ‘Estudo de Impacto Ambiental’, apresentado ao governo de Minas Gerais, em 2017, a empresa não deu detalhes sobre os problemas apontados em parecer anterior, de 2015, que buscava a manutenção da mina de Jangada, parte do complexo do feijão, que se rompeu.

Segundo as observações realizadas por uma consultoria contratada pela Vale, os equipamentos que mediam a quantidade de água na barragem, mantendo a estabilidade da estrutura, apresentava danos. Os drenos que retiravam a água da estrutura também não funcionavam de maneira plena.

Apesar dos indícios, a auditoria, na época, aprovou os documentos, homologando as condições da estrutura. O relatório, no entanto, apontava que reparos deveriam ser feitos logo após a identificação.

Nos documentos entregues em 2017 não havia menção sobre as condições desses equipamentos.

De acordo com a última atualização realizada pelas autoridades mineiras, 84 mortes já foram confirmadas com a identificação de 42 vítimas. Outras 276 pessoas seguem desaparecidas.

Reportagem, Raphael Costa

 

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se