Menu

Victor brilha nos pênaltis e Galo se classifica na Sul-Americana

Goleiro pegou três cobranças, após vitória de um a zero no tempo normal, em BH

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Bruno Cantini - Atlético-MG

A semana passa mais rápido se tiver jogo de mata-mata no meio dela. Uma partida nesta terça-feira (28) já aqueceu os motores dos torcedores. 

Depois de ter perdido o jogo de ida, o Atlético Mineiro venceu nos pênaltis o Unión La Calera, do Chile, e garantiu uma vaga na próxima fase da Sul-Americana. Jogando no Independência, dessa vez com o time titular, o Galo só abriu o placar aos 24 minutos do segundo tempo, gol de Alerrandro. 

Com o placar agregado empatado, a disputa foi para os pênaltis e aí o goleiro do Galo fez jus ao apelido de São Victor. O camisa um defendeu três cobranças dos chilenos, enquanto o Galo não desperdiçou nenhuma e venceu a disputa por três a zero.

Agora, o Atlético espera o duelo entre Sol de América, do Paraguai, e Botafogo, que jogam nesta quarta. O Fogão tem a vantagem por ter vencido a primeira partida, fora de vasa, por um a zero. 

Quem também entra em campo pela Sul-Americana é o Fluminense. Depois de vencer em casa por quatro a um, o Tricolor das Laranjeiras viaja até a Colômbia para medir forças contra o Atlético Nacional, podendo perder por até dois gols de diferença para avançar. 

Dia de definição também na Copa do Brasil. Em casa, o Bahia recebe o São Paulo e joga pelo empate. Já para o São Paulo, só a vitória interessa para que o time do Morumbi se mantenha na busca pelo título inédito.

Quem vai à campo tranquilo é o Internacional. O Colorado viaja até o Pará, onde encara o Paysandu. A equipe gaúcha pode perder por até um gol de diferença, que ainda assim fica com a vaga, já que derrotou o Papão no jogo de ida por três a um. 

No duelo gaúcho tudo aberto. Depois de empatarem em zero a zero, Grêmio e Juventude jogam em Porto Alegre o jogo de volta. Quem vencer, fica com a vaga.

E a quarta-feira também vai ser de festa. Botafogo da Paraíba e Fortaleza medem forças no estádio Almeidão pela finalíssima da Copa do Nordeste. O Leão do Pici ganhou o jogo de ida por um a zero. Um empate dá a equipe de Rogério Ceni o título regional. A bola rola a partir das oito da noite, horário de Brasília. 

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

A semana passa mais rápido se tiver jogo de mata-mata no meio dela. Uma partida nesta terça-feira (28) já aqueceu os motores dos torcedores. 

Depois de ter perdido o jogo de ida, o Atlético Mineiro venceu nos pênaltis o Unión La Calera, do Chile, e garantiu uma vaga na próxima fase da Sul-Americana. Jogando no Independência, dessa vez com o time titular, o Galo só abriu o placar aos 24 minutos do segundo tempo, gol de Alerrandro. 

Com o placar agregado empatado, a disputa foi para os pênaltis e aí o goleiro do Galo fez jus ao apelido de São Victor. O camisa um defendeu três cobranças dos chilenos, enquanto o Galo não desperdiçou nenhuma e venceu a disputa por três a zero.

Agora, o Atlético espera o duelo entre Sol de América, do Paraguai, e Botafogo, que jogam nesta quarta. O Fogão tem a vantagem por ter vencido a primeira partida, fora de vasa, por um a zero. 

Quem também entra em campo pela Sul-Americana é o Fluminense. Depois de vencer em casa por quatro a um, o Tricolor das Laranjeiras viaja até a Colômbia para medir forças contra o Atlético Nacional, podendo perder por até dois gols de diferença para avançar. 

Dia de definição também na Copa do Brasil. Em casa, o Bahia recebe o São Paulo e joga pelo empate. Já para o São Paulo, só a vitória interessa para que o time do Morumbi se mantenha na busca pelo título inédito.

Quem vai à campo tranquilo é o Internacional. O Colorado viaja até o Pará, onde encara o Paysandu. A equipe gaúcha pode perder por até um gol de diferença, que ainda assim fica com a vaga, já que derrotou o Papão no jogo de ida por três a um. 

No duelo gaúcho tudo aberto. Depois de empatarem em zero a zero, Grêmio e Juventude jogam em Porto Alegre o jogo de volta. Quem vencer, fica com a vaga.

E a quarta-feira também vai ser de festa. Botafogo da Paraíba e Fortaleza medem forças no estádio Almeidão pela finalíssima da Copa do Nordeste. O Leão do Pici ganhou o jogo de ida por um a zero. Um empate dá a equipe de Rogério Ceni o título regional. A bola rola a partir das oito da noite, horário de Brasília. 

Reportagem, Raphael Costa