Menu

VITÓRIA (ES): Referência na coleta de leite materno na cidade, banco de leite humano do Hospital Universitário beneficiou 139 recém-nascidos em 2019

O Banco de Leite Humano do Hospital Universitário é referência na cidade. De janeiro a abril deste ano, a unidade coletou mais de 480 litros doados por 390 mulheres

Banners
Foto: ARB Mais

 Quando Hugo, o filho mais novo de Cleidiane Conceição, de 35 anos, nasceu, em 2017, a camareira começou a ter excesso na produção de leite. As dores, cada vez mais intensas, fizeram com que ela procurasse ajuda do Banco de Leite Humano da Santa Casa de Misericórdia de Vitória.
Com o objetivo de aliviar o que sentia nas mamas, ela tomou conhecimento sobre a importância da doação de leite materno. 

SERVIÇO: Saiba onde doar leite materno em Vitória (ES)

“A decisão de fazer a primeira doação nem passava pela minha cabeça – que um dia eu poderia doar. Tive o segundo filho e, com cinco dias, meu seio veio a empedrar. Doía bastante. Peguei o telefone da Santa Casa  para retirar. A partir daquele momento, virei uma doadora. Eu cheguei a tirar 15 vidros de 300ml (por semana). Então era muito leite mesmo.” 

O Banco de Leite Humano do Hospital Universitário é referência na cidade. De janeiro a abril deste ano, a unidade coletou mais de 480 litros doados por 390 mulheres, segundo dados da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RBLH), da Fiocruz. O volume de leite materno coletado é maior do que o mesmo período do ano passado, quando foram coletados 460 litros. Toda essa ajuda beneficiou 193 recém-nascidos prematuros ou com baixo peso internados. 

Mas o número de doações de leite materno ainda é considerado baixo em relação à demanda. Segundo o Ministério da Saúde, em 2018, o volume de leite materno coletado em todo o Brasil foi de 186 mil litros. Desses, foram distribuídos 141 mil litros, beneficiando 160 mil recém-nascidos. Tal quantidade atendeu 55% da demanda por leite humano no país.

Para ser doadora, a mulher não pode ser fumante, precisa ter uma boa alimentação, apresentar bons resultados nos exames de pré-natal e não estar tomando medicamento incompatível com a amamentação e a doação. Se estiver tudo certo, os funcionários de qualquer Banco de Leite Humano fazem o cadastro da mãe e entregam todo o material necessário para a coleta, como luvas, toca e máscara.

Retirar o leite do peito requer alguns cuidados de higiene da mãe, como explica a enfermeira do Banco de Leite Humano da Santa Casa Misericórdia de Vitória, Rosiane Ferreira Lucas.

“Recomendados esterilizar o frasco de vidro em casa, fervendo por 15 minutos (tampa de plástico e frasco). Quando ela for tirar (o leite), amarrar o cabelo, cobri-lo com um pano ou touca, evitar falar sobre o vidro, higienizar bem as mãos, lavar as mamas com água, não pode ser com sabão. Colocar no vidro a data da primeira coleta, e fazer a retirada. Uma coisa muito importante é sempre guardar por até 10 dias o frasco com leite materno no congelador, não pode ser embaixo, na geladeira.” 

O centro de referência de doação de leite humano Banco de Leite Humano do Hospital Universitário Cassiano Antônio de Morais fica na Avenida Marechal Campos, número 1355, no bairro de Maruípe. O telefone de contato é o (27) 3335-7515. Repetindo: (27) 3335-7515.

Doe leite materno, alimente a vida. Para mais informações, acesse: www.saude.gov.br/doacaodeleite. 

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se

LOC.: Quando Hugo, o filho mais novo de Cleidiane Conceição, de 35 anos, nasceu, em 2017, a camareira começou a ter excesso na produção de leite. As dores, cada vez mais intensas, fizeram com que ela procurasse ajuda do Banco de Leite Humano da Santa Casa de Misericórdia de Vitória.
Com o objetivo de aliviar o que sentia nas mamas, ela tomou conhecimento sobre a importância da doação de leite materno. 
 

TEC/SONORA: Cleidiane Conceição, camareira

“A decisão de fazer a primeira doação nem passava pela minha cabeça – que um dia eu poderia doar. Tive o segundo filho e, com cinco dias, meu seio veio a empedrar. Doía bastante. Peguei o telefone da Santa Casa  para retirar. A partir daquele momento, virei uma doadora. Eu cheguei a tirar 15 vidros de 300ml (por semana). Então era muito leite mesmo.” 
 

LOC.: O Banco de Leite Humano do Hospital Universitário é referência na cidade. De janeiro a abril deste ano, a unidade coletou mais de 480 litros doados por 390 mulheres, segundo dados da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RBLH), da Fiocruz. O volume de leite materno coletado é maior do que o mesmo período do ano passado, quando foram coletados 460 litros. Toda essa ajuda beneficiou 193 recém-nascidos prematuros ou com baixo peso internados. 
Mas o número de doações de leite materno ainda é considerado baixo em relação à demanda. Segundo o Ministério da Saúde, em 2018, o volume de leite materno coletado em todo o Brasil foi de 186 mil litros. Desses, foram distribuídos 141 mil litros, beneficiando 160 mil recém-nascidos. Tal quantidade atendeu 55% da demanda por leite humano no país.

Para ser doadora, a mulher não pode ser fumante, precisa ter uma boa alimentação, apresentar bons resultados nos exames de pré-natal e não estar tomando medicamento incompatível com a amamentação e a doação. Se estiver tudo certo, os funcionários de qualquer Banco de Leite Humano fazem o cadastro da mãe e entregam todo o material necessário para a coleta, como luvas, toca e máscara.

Retirar o leite do peito requer alguns cuidados de higiene da mãe, como explica a enfermeira do Banco de Leite Humano da Santa Casa Misericórdia de Vitória, Rosiane Ferreira Lucas.
 

TEC/SONORA: Rosiane Ferreira Lucas, enfermeira. 

“Recomendados esterilizar o frasco de vidro em casa, fervendo por 15 minutos (tampa de plástico e frasco). Quando ela for tirar (o leite), amarrar o cabelo, cobri-lo com um pano ou touca, evitar falar sobre o vidro, higienizar bem as mãos, lavar as mamas com água, não pode ser com sabão. Colocar no vidro a data da primeira coleta, e fazer a retirada. Uma coisa muito importante é sempre guardar por até 10 dias o frasco com leite materno no congelador, não pode ser embaixo, na geladeira.” 
 

LOC.: O centro de referência de doação de leite humano Banco de Leite Humano do Hospital Universitário Cassiano Antônio de Morais fica na Avenida Marechal Campos, número 1355, no bairro de Maruípe. O telefone de contato é o (27) 3335-7515. Repetindo: (27) 3335-7515.

Doe leite materno, alimente a vida. Para mais informações, acesse: www.saude.gov.br/doacaodeleite.