Menu

VITÓRIA: Secretaria de Saúde reforça ações de prevenção ao HIV e distribui 200 mil preservativos durante o carnaval

Banners
Foto: Ministério da Saúde

O carnaval de Vitória já começou e durante a folia a Secretaria Municipal de Saúde vai distribuir 200 mil preservativos. O objetivo é conscientizar e prevenir a população do HIV e de outras infecções sexualmente transmissíveis (IST) como a sífilis e o HPV. As camisinhas também estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde da capital.

Segundo a prefeitura, 177 pessoas foram infectadas pelo HIV em 2018. Por isso, a Secretária de Saúde de Vitória, Cátia Cristina Vieira, ressalta a importância das ações de prevenção principalmente no carnaval.

“O uso da camisinha previne todas as IST, não só a aids. Os preservativos são gratuitos, não causam reação adversa, não têm contraindicação e se cuidar, buscar informação, é direito de cada um. Então, se informe, reflita e se proteja usando o preservativo”, afirma.

 A secretária municipal de Saúde, Cátia Cristina, também destaca que Vitória é um dos destinos mais procurados pelos foliões e, por este motivo, as estratégias de prevenção foram intensificadas. 

“É importante ressaltar que Vitória é uma cidade que recebe muito turista, ela tem uma vocação para o turismo. Nós temos todos os equipamentos nesse momento, com portas abertas para que essa população possa usufruir e se informar e se orientar. Então, assim, se preserve, utilize nossos espaços", lembrou ela.

De acordo com o Ministério da Saúde, 73 por cento dos novos casos de HIV no Brasil acometem os homens. Nessa parcela da população, um quinto são jovens com idade entre 15 a 24 anos. Neste carnaval, não se esqueça: pare, pense e use camisinha. Conheça todas as formas de prevenção em aids.gov.br. Ministério da Saúde. Governo Federal. Pátria Amada Brasil.
 


Comente...

Cadastre-se

LOC: O carnaval de Vitória já começou e durante a folia a Secretaria Municipal de Saúde vai distribuir 200 mil preservativos. O objetivo é conscientizar e prevenir a população do HIV e de outras infecções sexualmente transmissíveis (IST) como a sífilis e o HPV. As camisinhas também estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde da capital.

Segundo a prefeitura, 177 pessoas foram infectadas pelo HIV em 2018. Por isso, a Secretária de Saúde de Vitória, Cátia Cristina Vieira, ressalta a importância das ações de prevenção principalmente no carnaval.
 

TEC/SONORA: Cátia Cristina Vieira, secretária municipal de Saúde de Vitória.

“O uso da camisinha previne todas as IST, não só a aids. Os preservativos são gratuitos, não causam reação adversa, não têm contraindicação e se cuidar, buscar informação, é direito de cada um. Então, se informe, reflita e se proteja usando o preservativo.”
 

LOC: A secretária municipal de Saúde, Cátia Cristina, também destaca que Vitória é um dos destinos mais procurados pelos foliões e, por este motivo, as estratégias de prevenção foram intensificadas. 

TEC/SONORA: Cátia Cristina Vieira, secretária municipal de Saúde de Vitória.

“É importante ressaltar que Vitória é uma cidade que recebe muito turista, ela tem uma vocação para o turismo. Nós temos todos os equipamentos nesse momento, com portas abertas para que essa população possa usufruir e se informar e se orientar. Então, assim, se preserve, utilize nossos espaços.”
 

LOC: De acordo com o Ministério da Saúde, 73 por cento dos novos casos de HIV no Brasil acometem os homens. Nessa parcela da população, um quinto são jovens com idade entre 15 a 24 anos. Neste carnaval, não se esqueça: pare, pense e use camisinha. Conheça todas as formas de prevenção em aids.gov.br. Ministério da Saúde. Governo Federal. Pátria Amada Brasil.